É oficial: veja a tabela de IRS para 2018

A tabela de IRS a aplicar aos rendimentos de 2018 contém sete escalões, mais dois do que até aqui e menos um do que no período pré-troika, de acordo com a versão final da proposta do Orçamento do Estado que será entregue na Assembleia da República.
 

 

Os limiares de rendimento colectável e de taxas é feita de molde a que o alívio seja progressivo – isto é, a beneficiar mais quem tem menos rendimentos – mas acaba por ser abrangente, ainda apanhando parte dos contribuintes que estão no novo penúltimo escalão. Nalguns casos marginalmente, noutros ainda com algum significado.

 

 

 

 

 

Simulações feitas pela PwC para o Negócios mostram que o alivio de IRS, não sendo muito pronunciado, será amplo e chega até parte do novo penúltimo escalão de rendimento colectável, beneficiando salários brutos até sensivelmente 3.200 euros/mês.

 

Poderá encontrar mais informações sobre o impacto dos novos escalões aqui e aqui.

 

A este alívio acresce o desaparecimento em 2018 da sobretaxa para os rendimentos médios e altos, e o alargamento do mínimo de existência para os mais baixos.

 

 

 

Fonte: jornaldenegocios.pt

É oficial: veja a tabela de IRS para 2018

Teremos todo o gosto em ajudá-lo. Faça um pedido de reunião sem qualquer compromisso.

PEDIDO DE REUNIÃO